top of page

Você sabe lidar com as pessoas?

Deixa eu pensar em alguma área da educação física que não precise lidar com pessoas... é, não tem!


Mesmo que pretenda trabalhar em um laboratório com pesquisa científica, não tem jeito, você terá de lidar com pessoas, e com um detalhe a mais, essas pessoas são seus clientes, estão te pagando.



Se você procurar livros e conteúdos sobre o assunto verá que existem vários materiais para lidar com pessoas em uma condição específica, "como lidar com pessoas difíceis, pessoas estressadas, deprimidas, autoritárias...." e por aí vai.


Por mais que seja útil se aprofundar em alguns perfis específicos, é preciso buscar aprender a lidar com pessoas como um todo, e quer saber qual o melhor laboratório para entender mais afundo o ser humano? Você mesmo!


Sim, você é a pessoa com quem mais convive e que pode te ajudar em muito a entender o outro, entender porque faz o que faz vai te ajudar a entender o porque do outro fazer algo, leia o livro "Porque fazemos o que fazemos" de Mario Sergio Cortella, vai abrir a sua cabeça.


É lógico que não existe uma fórmula pronta para lidar com pessoas, e quem sou eu para ditar regras em um assunto tão complexo, mas eu sigo uma sequência que talvez possa te ajudar a lidar melhor com as pessoas tanto no seu círculo pessoal como profissional.


Entenda quem é a pessoa! Eu realmente adoro trabalhar com gente, e com cada cliente, seja em uma avaliação física que vou encontra-lo uma única vez, ou com um personal que vou atende-lo durante anos, eu sempre fico analisando cada um, a postura, jeito de falar, de vestir, como se comunica comigo, os assuntos (ou falta), qualquer detalhe que amplie o meu entendimento de quem é essa pessoa.


E sabe porque isso é tão importante na questão de como lidar com esta pessoa?

É o entendimento que tenho de cada um que determina como vou reagir á uma ação dela.

Convívio envolve uma ação, ação envolve uma reação, lidar com pessoas é como você reage a elas!


O entendimento permite uma reação produtiva com cada um, a pressão por resultados e intensidade nos treinos que faço com cada aluno é totalmente diferente, naturalmente envolve o objetivo de cada um, mas me preocupo muito mais com o "perfil" do que apenas utilizar questões técnicas.


Lidar com pessoas é gerir dentro de mim as reações a elas.


Uma aluna que não treina como o programado pode estar precisando de um incentivo, uma bronca, ou até mesmo, fazer com que ela entenda que um ritmo de treino menor já vai ajudar muito e está tudo bem.

Como vou conseguir lidar bem com ela? Entendendo o máximo possível dela.


Lidar com pessoas envolve ser flexível no trato com cada uma, o que não quer dizer que tenha de ser falso ou perder a sua personalidade.

0 comentário

Comentarios


bottom of page