top of page

Não desista da profissão!

Me formei em 2005 e imagino que não chegue a 10% os colegas de turma que ainda estão na área, isso é muito triste!


Imagine você investir 4 anos da sua vida em uma graduação, mais alguns para aprofundar e se especializar e de repente largar tudo?

.

Se você está pensando em largar sua profissão deixe eu te contar uma história.

Sempre gostei de esporte mas não tinha a menor pretensão de fazer educação física, na verdade só entrei na faculdade porque tinha um objetivo muito claro, ter uma graduação para entrar na Polícia Federal, só isso, nenhuma intensão de trabalhar na área.


Mas os caminhos da vida nunca são tão simples, no primeiro ano da faculdade estava bem descontente com o trabalho e como precisava pagar a faculdade resolvi trabalhar em academias, pensei "Vai ser divertido, treino de graça e quando me formar eu largo para prestar para a polícia", por sorte na primeira academia que trabalhei como estagiário (Projeto CQV uma pequena na região do Morumbi) já encontrei bons professores que me mostraram que montar um treino não era só juntar exercícios, que era possível fazer um trabalho sério, mas ainda era só um "ganha-pão", nada que me realiza-se de verdade.


Ainda no segundo ano da faculdade já montei uma empresa de avaliação física, sem ter a menor ideia do que era ter uma empresa, com um propósito claro, uma forma de ganhar dinheiro, achava que a avaliação física era mau executada nas academias e via uma oportunidade de negócio boa, comecei então a gostar cada vez mais de atuar e me sentir realizado sendo um profissional de educação física


Me formei, a empresa cresceu, ganhei um dinheiro razoável, dei palestras em congressos, consultoria em vários estados do Brasil, mas quando percebi me preocupava muito mais em cuidar da empresa tanto que parei de atender como personal e avaliador físico só alguns dias específicos, em 2015 o mercado mudou em algumas coisas, praticamente quebrei, e pensei realmente em mudar de área, como tenho MBA em MKT comecei a procurar empresas para trabalhar, mas teve um dia que pensei "Caramba, foram tantos anos me dedicando á uma carreira e de repente largar tudo?" Não tem problema mudar de área, o problema é que sentia tinha algo a mais que a Educação Física podia me dar mas não era exatamente da forma que vinha fazendo.


Então em 2017 resolvi voltar para o início, dei mais atenção a consultoria online que tinha desenvolvido em 2014, voltei a dar aulas de personal, e aos poucos as coisas foram se encaixando, financeiramente sim, mas, principalmente, voltei a encontrar uma real satisfação no meu trabalho, entender que o meu trabalho é uma peça chave na vida dos meus clientes (dos quais muitos posso chamar de amigos), que posso entregar muito mais que resultados estéticos, isso me faz ter a certeza que fiz muito certo em não desistir da Educação Física.


Se você quer mudar de área por não querer mais atuar com EF tudo bem, mas se está passando por um momento difícil e ainda acredita e gosta da sua profissão, não desista!


Antes de se preocupar em algo que te trará dinheiro (por mais que seja necessário), pense algo que você consiga entregar com excelência e faça sentido para você, o retorno financeiro será uma questão de tempo.

.

Continue!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page